Translate

quarta-feira, 6 de maio de 2015

O VERDADEIRO DOM DE LÍNGUAS

"Chegando o dia de pentecoste, estavam todos reunidos num só lugar
  De repente veio do céu um som, como de um vento muito forte, e enchei a casa onde todos estavam assentados.
 E viram o que parecia línguas de fogo, que se separaram e pousaram sobre cada um deles.
 Todos ficaram cheios do Espírito Santo e começaram a falar em outras línguas, conforme o Espírito capacitava.
 Havia em Jerusalém judeus, tementes a Deus, vindos de todas as nações do mundo.
 Ouvindo-se o som, ajuntou -se uma multidão que ficou perplexa, pois cada um os ouvia falar em sua própria língua.
 Atônitos e maravilhados, eles perguntavam: "Acaso não são galileus todos estes homens que estão falando?
 Então, como ouvimos cada um de nós em nossa língua materna? 
 Partos, medos e elamitas; habitantes da Mesopotâmia, Judéia e Capadócia, do Ponto e da província da Ásia,
 Frígida e Panfília, Egito e das partes da Líbia próximas a Cirene; visitantes vindos de Roma,
 Tantos Judeus como convertidos ao judaísmo; cretenses e árabes. Nós os ouvimos declarar as maravilhas de Deus em nossa própria língua!"


 (Atos 2: 1 ao 11)


 Sigam o caminho do Senhor e busquem com dedicação os dons espirituais, principalmente o dom de profecia.
  Pois quem fala em uma língua não fala aos homens, mas a Deus. De fato, ninguém entende; em espírito fala em mistérios
  Mas quem profetiza faz para a edificação, encorajamento e consolação da igreja.
  Gostaria que todos vocês falassem em línguas, mas prefiro que profetizem. Quem profetiza é maior quem fala em línguas, a não ser que as interprete e a igreja seja edificada
 Agora irmãos, se eu for visitá-los e for falar em línguas, em que lhes serei útil, a não ser que lhes leve uma revelação, ou conhecimento, ou profecia, ou doutrina?
 Até no caso de coisas inanimadas que produzem sons, tal como flauta ou a cítara, como alguém reconhecerá que está sendo tocado, se o som não forem distintos?
Além disso, se a trombeta não emitir um som claro, quem se preparará para a batalha?
 Assim acontecem com vocês. Se não proferirem palavras compreensíveis com a língua, como alguém saberá o que está sendo dito? Vocês estarão simplesmente falando ao ar.
 Sem dúvidas, há diversos idiomas no mundo, mas nenhum deles é sem sentido.
 Portanto, se eu não entender o significado do que alguém está falando, serei estrangeiro para quem fala, e ele será estrangeiro para mim.
 Assim acontece com vocês. Visto que estão ansiosos por terem dons espirituais, procurem crescer naqueles que trazem edificação para a igreja.
 Por isso, quem fala em uma língua, ore para que possa interpretar.
 Pois, se oro em uma língua, meu espírito ora, mas minha mente fica infrutífera.
 Então, o que farei? Orarei com o meu espírito, mas também orarei com o meu entendimento; cantarei com o meu espírito, mas também cantarei com meu entendimento.
 Se você estiver louvando a Deus em espírito, como poderá aquele que está entre os não instruídos dizer "Amém" à sua ação de graças, visto que não sabe o que você está dizendo?
 Pode ser que você esteja dando graças muito bem, mas o outro não é edificado.
 Dou graças à Deus por falar em línguas mais do que todos vocês.
 Todavia na igreja prefiro falar cinco palavras compreensíveis para instruir os outros a falar dez mil em outra língua.
 Irmãos, deixem de pensar como crianças. Com respeito as crianças; mas quanto ao modo de pensar, sejam adultos.
 Pois está escrito na lei: "Por meio de homens de outras línguas e por meio de lábios de estrangeiros falarei a este povo, mas, mesmo assim, eles não me ouvirão", diz o Senhor.
 Portanto, as línguas são um sinal para os descrentes, e não para os que crêem; a profecia, porém, é para os que crêem, não para os descrentes.
 Assim, se toda igreja se reunir e todos falarem em línguas, e entrarem alguns não instruídos ou descrentes, não dirão que vocês estão loucos?
 Mas se entrar algum descrente ou não instruído quando todos estiverem profetizando, ele será convencido de que é pecador e por todos será julgado,
 E os segredos do seu coração serão expostos. Assim, ele se prostrará, rosto em terra, e adorará a Deus exclamando: "Deus realmente está entre vocês!"
 Portanto, que diremos, irmãos? Quando vocês se reúnem, cada um tem um salmo, uma palavra de instrução, uma revelação, uma palavra em outra língua ou uma interpretação. Tudo seja feito para a edificação da igreja.
 Se, porém, algum falar em língua, deve falar dois, no máximo três, e alguém deve interpretar.
 Se não houver intérprete, falando consigo mesmo e com Deus"


(1 Coríntios 14: 1 ao 28)


O dom de línguas descrito na Bíblia, não é esse "xaralabacai" que existe hoje nas igrejas pentecostais. As línguas estranhas da Bíblia são línguas terrenas e humanas, como o Inglês, o Espanhol, o Japonês e etc. O propósito desse dom é para que o Evangelho fosse pregado em todas as partes do mundo e na época não havia escola de idiomas como hoje. O dom de línguas descrito na Bíblia é um fenômeno chamado de Glossolália, onde uma pessoa fala um determinado idioma por intervenção divina, mesmo sem conhecer, como por exemplo: eu não sei falar Inglês, e com intervenção divina eu começo a falar Inglês, mesmo sem conhecer. Paulo diz em 1 Coríntios 14:28 que se alguém for falar em línguas na igreja e não houver intérprete, que fique calado, falando consigo mesmo e com Deus. Tem que haver interpretação!
 Que o Senhor nos dê força e graça, e que nós possamos crescer nos dons que edifiquem a igreja de Cristo!







Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguidores

VISITANTES DO BLOG

TWITTER

Follow Matheusmgsslva on Twitter
Loading...